Arquivo da tag: estudantes

Convocatória reunião 13 e 13 de Abril de 2014

Conselho Regional de Estudantes de Psicologia do Estado de São Paulo

 

São Paulo, 31 de março de 2014

 

Convidamos todxs xs estudantes de Psicologia do Estado de São Paulo para a próxima reunião do Conselho Regional de Estudantes de Psicologia – COREP-SP, que se realizará nos dias 12 e 13 de Abril de 2014 no DCE da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) Rua Euclides da Cunha, 71 – Cidade Universitária “Zeferino Vaz” 13081-970 Campinas.

Com o início do ano, uma quantidade significativa de calourxs entram nas mais diversas universidades, sejam particulares ou públicas. É um momento importante para o diálogo sobre os desafios desta nova etapa em suas vidas, e para o início de uma discussão crítica acerca da formação e suas contradições.

No dia 12 de Abril acontecerá no espaço do DCE uma formação a respeito de CRATOD e privatização da saúde com o Fórum Popular de Saúde de Campinas, no qual vai fazer parte de um conjunto de debates que o COREP pretende realizar no decorrer do semestre, afim de uma melhor interação dos estudantes com as bandeiras da entidade.

Lembramos que todxs xs estudantes de psicologia têm direito a voz e voto na reunião, e que não há hierarquia no COREP-SP, sendo que são xs estudantes presentes na reunião que fazem o COREP-SP existir.

 

                                                               Pautas:

– Informe das Universidades

-Atividades para o dia 18 de maio e Marcha da Maconha

– Organizativo COREP-SP

 

Programação:

Sábado, 12 de Abril

Domingo, 13 de Abril

9:00h – Recepção

9:00h – Recepção

10h – Formação

10:00h – Informe

13:00h – Almoço

12:00h – Almoço

14:00h – Retorno da Formação

14:00h – Atividades do calendário

18:00h – Cultural

15:00h – Organizativo COREP-SP

 

Favor confirmar a presença até o dia 11 de Abril de 2014 no e-mail abaixo.
     Caso necessário, xs COREPianxs disponibilizarão alojamento. Os gastos com alimentação serão custeadxs pelxs próprixs estudantes. Normalmente nos alimentamos no tempero maneiro, a R$4.Contamos que vossa entidade divulgue o evento para todos os estudantes e nos disponibilizamos para eventuais esclarecimentos.

 

Contatos:

 

Stephanie Mota (UMESP) – (11)9-7405-2903 (tim)– ste.mgs@gmail.com

Maruan Moufid Doher (PUCC) – (11) 9-5540-4418 (vivo) – marudoher@gmail.com

 

 

COREP-SP

Anúncios

Relatoria 09.04

Presentes: PUC-SP, PUC-CAMP, São Camilo, Metodista-SP, UNIMEP.  Todas privadas! <0.0>

 Realização da atividade

“Apresentação do COREP-SP: Uma historia de luta e conquistas dentro do movimento estudantil em são Paulo”

 

Informes

Metô:

Steh -> Teve uma tretra enorme no C.A. e eu fiquei sozinha no ano passado. Ano passado foi muito desgastante, então esse ano desencanei do c.a. e comecei a atuar e investir energia fortemente em outros movimentos com uma galera realmente comprometida que faz e fala. Em novembro houve reunião com os representantes de sala a respeito de uma eleição, só que ninguém se manifestou em construir uma comissão eleitoral. Semana retrasada/passada uma pessoa que formava o centro acadêmico (mas colou em 3 reuniões só)  mandou um email falando que uma chapa dele tinha sido eleita e ele pediu as senhas da entidade. Ele falou que mandou um e-mail de interesse para alguns alunos (sem regimento e estatuto). Eu me recusei a mandar as informações do c.a , já que é um processo ilegítimo. Esse estudante falou que vai criar outro blog, página e afins. Acredito que na Metô vai ficar sem movimento neste ano, e se tiver vai ser um movimento despolitizado.

Feminismo sem Demagogia: Atividade em São Paulo no qual vai discutir o feminismo a partir de uma perspectiva classista, visualizando as contradições do patriarcado e do capitalismo.

Movimento “Meu Corpo Minhas Regras” está bombando, foi desenvolvido após um assédio que eu recebi no trem, e em união com várias pessoas que sofreram algum tipo de opressão similar.

Pro Wallace: O CRP São Paulo tem arquivado um projeto a respeito da utilização de animais no ensino das universidades. Em Alfenas é proibido o uso de animais, dá uma pesquisada.

 

UNIMEP:

Wallace: Uma nova gestão do c.a. foi formada, com pessoas de diversos anos –gente ainda conseguiu articular uma reunião pra falar com o diretor do curso, para realização do trote e calendário de atividades. Na manhã a gente conseguiu fazer com sucesso, mas a noite saiu fora do controle.. uma galera do segundo ano da psico que não tinha nada haver com o c.a. apareceu com substâncias fétidas e jogou nos calouros e acabou dando problema, já que quebrou o contrato que fizemos com o diretor.

Um membro do c.a. elaborou um abaixo assinado para parar de utilizar animais nas aulas de behaviorismo. A gente está buscando fazer um debate a respeito desse tema, já está rolando no facebook – mas queremos trazer para uma sala.

Mudamos a semana da psico para o segundo semestre, não estamos com o c.a. legalizado – mas estamos na luta. Vai acontecer uma JAC (jornada de analise do comportamento) em junho, a que rolou ano passado foi muito boa. Vamos buscar colocar algum espaço de psicanálise.

Estou trabalhando em uma ONG de direitos humanos com enfoque em sexualidade. Centro de Apoio a Solidariedade a Vida (CASV), o projeto que estou trabalhando é o sangue bom e foca na redução de danos com a população de rua. Estou procurando material sobre drogas, estamos montando um núcleo sobre drogas para formação do pessoal. Achei muito massa um projeto deles chamado vivendo a diversidade, no qual trabalha sexualidade nas escolas públicas (tem parceria com a secretária). Esquina da noite é outro trabalho que envolve profissionais do sexo, no qual envolver desde captações em UBS até informações de direito d@s trabalhador@s.

Existe um coletivo chamado Abrande que trabalha com drogas, é um espaço muito rico com diversos profissionais muito bons. Anuidade de 70 reais para estudantes, é um espaço com diversas vivências. Vai ter uma palestra com a jornalista que escreveu o  Holocausto Brasileiro.

Steh: A respeito de drogas, tem o consultório de rua em SBC que é um espaço interessante para obter informações.

Wallance: Estamos intervindo em um caps AD (que não trabalha em uma metodologia da luta) sobre redução de danos e intervenções mais dignas para com os usuários.

 

PUC-SP:

Thiago:  Vai rolar um encontro em são Paulo sobre estudantes de behavorismo. E tem um conteúdo interessante, desde o preconceito ao estudo até questões sociais.

A questão dos animais já foi tema no ENEP 2011, mas foi muito fraco e isso nunca foi um tema muito trabalhado. Só que caso tenha um pessoal disposto, é um debate que pode voltar a ser da CONEP.

Teve a calourada esse ano, sentimos que agregou muito pouco calouro no C.A. Teve poucos calouros na reunião atual.

Na psico temos uma matéria de psicopato bem conservadora, e a parte prática da matéria é visita a hospital psiquiátrico e fica legitimando o espaço. Após a semana do 18 de maio, os alunos começaram a organizar um movimento para mudar a matéria. Diversos professores ficaram contra o pessoal do C.A. nesse movimento. Conseguimos tirar uma assembléia, e após muito tempo de conversa – conseguimos que metade das visitar sejam na rede substitutiva (CAPS, residências terapêuticas, Centro de convivência, etc).

A gente tava pensando em como fazer a comissão (gt psicopato) ser efetivamente deliberativa. Teve um dia de festa na qual umas garotas retiraram a camisa e umas pessoas começaram a olha de forma não apropriadas para elas, e um funcionário de um c.a. passou a encarar elas e estavam tirando fotos das meninas, e eles afirmaram “ser só uma brincadeira”. As garotas foram tirar satisfação com um pessoal burocrata da facu, e ele afirmou que ela não deveria estar sem camiseta. Os amigos a desencorajaram de continuar nessa luta. Ela chegou devastada no c.a. A gente tirou que março ia ser um mês para debater questão de gênero, tem diversas propostas já e segunda vamos debater isso.

 

São Camilo:

Paulo Alexandre: A respeito da demissão da professora que iniciou a discussão da precarização do curso, acabou morrendo essa questão neste ano de 2014. A Letícia foi convidando um pessoal para fazer parte da chapa, e o fato interessante foi o medo de não ter mais c.a.

Letícia: O pessoal que formava o c.a. vai sair, e isso assustou o pessoal.

Paulo: As eleições para a comissão discente, na qual a diretora colocava uma pessoa a seu bel prazer, ela fez uma reunião com uma pequena amostra de pessoas e tem como um fator avaliativo ser representante de sala. Vai ter uma eleição (que normalmente não é fachada), e surgiu um movimento para votar na Letícia. Acho interessante ter um número de votos, mesmo que a outra pessoa seja eleita, para poder ter material para articular com a Jônia a falta de democracia da universidade .. é claro que se a Letícia for eleita, não vai precisar disso tudo.

Letícia: O processo de formação de chapa foi em cima da hora, e devido a isso não teve formação nem nada. O critério foi mais a boa vontade das pessoas, amanha vamos passar no noturno para convidar mais pessoas. Nossa proposta foi continuar as atividades da última gestão .

 

PUC-CAMP:

Forum popular de saúde esta sendo articulada no interior por dois estudantes de psicologia.

Contato com estudantes de americana e de alguns membros do COREP-SUL. O COREP-SUL até então não se propunha a debater politica cotidianamente, apenas organizar o encontro regional. Recentemente o assassinato de um de seus membros provocou uma mudança nessa perspetiva.

Espaço físico ainda fechado em função da não assinatura do contrato de comodato (é isso?). Será realizada uma ultima tentativa de reganhar o espaço por meios burocráticos, para posteriormente tentar algo pratico.

Os militantes mais novos não tem formação politica para uma ação pratica nesse sentido, e esta muito difícil acumular com o resto dos estudantes forças para uma ação dessas.

Muitos estudantes se aproximaram do C.A durante a calourada, que foi um espaço rico em debates políticos.

Mudança na diretora do curso. A anterior era muito autoridade.

O C.A se constituiu enquanto referencia politica entre os calouros criticante o curso e a faculdade durante a comemoração de seus 50 anos, em dissonância com o discurso da direção.

A construção do EIVI esta indo bem.

CONEPSI (Conselho nacional de estudantes de psicologia)

Aconteceu no fim de semana passado em Cuiaba. Teve formação política, discussão sobre o ENEP, intervenção no congresso brasileiro de psicologia e profissão (CBPP).

 

Repasse:

Espaço de formação foi muito legal, a respeito da saúde. Uma médica da região falou sobre a questão da OS e que quem está a frente do movimento é o sindicato dos médicos. Ela demonstrou dados que iam ser muito bons de para a gente se apropriar, como o antes e depois da privatização de hospitais e o grana investida e ações feitas .

O sindicato dos psicologos de Cuiaba é formado por três gerações da CONEP , e está funcionando muito bem. Está articulando com diversos estudantes , tem um GT que tem mais de 7 faculdades privadas. Eles trazem debates novos para a gente, como por exemplo o da 30 horas da profissão.

A galera que está construindo o ENEP atual é nova, e o pessoal não tem muito conhecimento da construção do espaço. O pessoal de Sobral quem escolheu fazer o encontro acabou revelando diversos problemas de comunicação (nem nas reuniões onlines), eles não estavam revelando como está rolando o encontro.

Acreditamos que ia ser muito ruim quebrar com a sede, já que ia gerar diversos problemas na construção de espaços. Uma representante da sede foi a reunião, e colocou como parte do tema “moradia e saúde”. Henrique ainda vai colocar a ata com as atividades do espaço.

 

FAZER O CERTIFICADO DA FLÁVIA DA PUC-CAMPINAS

 

Calendário de LUTAS!!!!!!

Debates sobre mega eventos:

http://daefi.files.wordpress.com/2013/09/cartilha-megaeventos-digital.pdf

abril: Campinas – Saúde (privatização) e psicologia (internação). 19/20

Maio: Habitação, transporte e o direito à cidade – São paulo 24/25

Junho: ? – UFSCAR – ?/?

Julho: São paulo – Desmilitarização da policia e da politica 19

 

Maruan: vou esfregar você no meu cabelo de tão condicionador que você é! (se referindo a Thiago)

 

lista de datas:

8 de março – dia internacional da mulher.

13 de março – Contra a copa!.

31 de março – ato contra a ditadura em campinas.

7 de abril – dia mundial da saúde.

26 de abril – marcha da maconha.

18 de maio – luta antimanicomial/ abuso a criança e o adolescente.

27 de agosto – dia do psicologo.

28 de setembro – dia da descriminalização do aborto.

20 de novembro – dia da conciencia negra.

 

 

Convocatória Reunião COREP-SP 09 e 10 de Novembro

Conselho Regional de Estudantes de Psicologia do Estado de São Paulo

São Carlos, 1 de novembro de 2013

                  Convidamos todos os (as) estudantes de Psicologia do Estado de São Paulo para participar da próxima reunião do Conselho Regional de Estudantes de Psicologia – COREP- SP que será realizada nos dias 09 e 10 de novembro na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar – campus São Carlos), Rodovia Washington Luís, km 235, SP-310.

                  Na última reunião do COREP-SP, realizada na cidade de Ribeirão Preto, vimos necessidade da aproximação da entidade com os cursos de Psicologia situados no interior do Estado. Naquela ocasião, discutimos maneiras e meios de fortalecer o movimento estudantil de Psicologia. Entendemos que o fortalecimento dos Centros Acadêmicos é essencial neste processo. Faz-se necessário discutir como os nossos CAs podem criar ações que motivem os estudantes a trazer para junto de sua formação a participação no movimento estudantil.

                  Entre os dias 25 e 27 de outubro, foi realizado, em Vitória-ES, o CONEPsi (Conselho Nacional de Estudantes de Psicologia). Na próxima reunião do COREP-SP, serão feitos os repasses de tudo que foi discutido e encaminhado durante esta reunião.

                  Em São Carlos, iremos discutir como realizar o trabalho de base do COREP-SP, que consiste na conscientização dos (das) estudantes sobre a importância de participar da construção de Centros Acadêmicos e do próprio COREP-SP, onde as experiências locais de cada um podem ser compartilhadas e podemos construir uma visão conjunta daquilo que pretendemos enquanto Movimento Estudantil. Teremos como pontos de pauta principais a mobilização de estudantes de Psicologia frente às manifestações que vem ocorrendo no Brasil e a discussão acerca dos PPPs (Projeto Político Pedagógico) dos cursos de Psicologia do Estado.

 

Programação:

Sábado – 09/11

Domingo – 10/11

 

9h: Recepção, apresentação do COREP-SP

11h: Repasses das Universidades

14h: Trabalho de base da COREP

17h: Formação: As mobilizações atuais e os (as) estudantes de Psicologia

9h: Avaliação CONEPsi

11h: Formação: Plano Político Pedagógico

13h: Formação: Plano Político Pedagógico

16h: Encerramento

 

Contamos com a presença de todos (as) os (as) estudantes. A sede disponibilizará alojamento em repúblicas. A alimentação será feita em restaurantes próximos (e baratos) à faculdade, já que o RU permanecerá fechado entre o sábado à noite e o domingo. Assim, pedimos que os (as) participantes tragam recursos para a alimentação.

Contatos:

Lucas (UFSCar) – (11) 9-9722-2073 ou (16) 3413-8805

Convocatória Reunião COREP-SP 28 e 29 de Setembro

Conselho Regional de Estudantes de Psicologia do Estado de São Paulo

 

São Paulo, 11 de Setembro de 2013

 

Convidamos todxs xs estudantes de Psicologia do Estado de São Paulo para a próxima reunião do Conselho Regional de Estudantes de Psicologia – COREP-SP, que se realizará nos dias 28 e 29 de Setembro de 2013 no ECEU da Universidade de São Paulo (campus Ribeirão Preto) – Avenida Nove de Julho, 980 (Rua Sete de Setembro), Ribeirão Preto, SP, 14025-00.

Diante das últimas manifestações de Junho e do XXVI ENEP (Encontro Nacional de Estudantes de Psicologia) realizado em Goiânia no ultimo mês de agosto, vemos a necessidade de retomarmos as formações, para que assim possamos gerar acúmulos que fortaleçam as entidades estudantis e xs estudantes do Estado. Também durante nossa última reunião, foi vista a necessidade de discutirmos os nossos PPP (Projeto Político Pedagógico), trazendo a responsabilidade de cada universidade/ escola conseguir o seu e levar nesta reunião para discussão e possíveis encaminhamentos. Também reformulamos a nossa carta de apresentação para uma linguagem onde ficasse clara a autonomia do COREP-SP em relação a partidos políticos, entidades, governos e outros coletivos.

Por isto fazemos esse chamado para fortalecermos e construirmos este espaço de forma conjunta.

Lembramos que todxs xs estudantes de psicologia têm direito a voz e voto na reunião, e que não há hierarquia no COREP-SP, sendo que são xs estudantes presentes na reunião que fazem o COREP-SP existir.

 

Pautas:

 

– Informes
– Avaliação ENEP

– Repasse Movimentos/ Eventos/ Reuniões
– Organizativo COREP-SP

– Formações

 

 

Programação:

Sábado, 28 de Setembro

Domingo, 29 de Setembro

 09:00h –  Recepção, apresentação do COREP-SP

 09:00h –  Informes
Avaliação ENEP e Repasse Movimentos/ Eventos/ Reuniões
Organizativo COREP-SP

 14:00h –  Formação: As Mobilizações Atuais e xs Estudantes de Psicologia

         14:00h – Formação: Projeto Político Pedagógico

 

Favor confirmar a presença até o dia 25 de Setembro de 2013 nos emails abaixo.
             A sede disponibilizará alojamento. É importante que os participantes tragam colchões e cobertores. Além de recursos para os gastos com alimentação.  Para facilitar a participação dos estudantes, todxs serão convidadxs a dividir todo o custo para a participação na reunião igualmente entre xs participantes, além de todo o valor gasto com passagens para a reunião.
             Contamos que vossa entidade divulgue o evento para todos os estudantes e nos disponibilizamos para eventuais esclarecimentos.

 

Contato:
Bruno Tarpani (USP-RP) – (16) 8221-1490 – brunotarpani@hotmail.com

Maruan Doher (PUC- Campinas) – (11) 9-5540-4418–  marudoher@gmail.com

 

 

COREP-SP

COREP-SP no I Encontro dos Psicólogos do Grande ABC

No último final de semana (25) participamos do I Encontro dos Psicólogos do Grande ABC  na Fundação Santo André, facilitando um dos Encontros Temáticos com o tema FORMAÇÃO.
Estivemos presentes também com um stand vendendo nossas camisetas e distribuindo nossos materiais elaborados nas reuniões.

Fizemos um texto introdutório sobre Formação especialmente para este encontro:
https://corepsp.files.wordpress.com/2012/08/formacao-corep-abc.pdf

Fotos da nossa participação:

Gostaríamos de agradecer o convite feito pelo CRP e à tod@s que compareceram no I Encontro dos Psicólogos do Grande ABC e conheceram um pouquinho do nosso movimento.

A luta não pode parar!!!

ATA REUNIÃO COREP-SP 30.06 E 01.07 UNIMEP

Escolas presentes: São Camilo, UNIMEP, PUC-CAMPINAS, UMESP, UNIFESP- SANTOS, USP-SP, PUC-SP

  • Repasse das Escolas
  • Campanha Financeira
  • ENEP/EREP
  • Organizativo do COREP
  • Licenciatura

Repasses

Repasse PUC-CAMP: Não fizeram pré-enep devido a desarticulação. CASSI contrato de “comodata”, para uso do espaço do CA, o que dificultou espaço.
Falta de dias para organizar a atividade.
Semana da LAM foi muito boa, mas apenas dois dias. Outros dias prejudicados pela greve de ônibus.
Camiseta da LAM deu muito certo.
Repasse da Mari sobre EIV: Alguém do COREP pra construir o EIV teria que ser alguém que foi estagiário e ela já vai enquanto CA da PUCCamp.

Repasse Metodista:
Atividade de LAM foi boa, mas deu para perceber que muitos estudantes não tinham aproximação com o tema. Fala do Ed Carlos.
Semana de Psico: Provavelmente em Outubro, muitos problemas. CA esta em processo de racha o que está atrapalhando a construção. Atividade do COREP-SP no Grande ABC conseguiu juntar um número bom de escolas (7), entre elas 2 da Anhanguera (antigas Uniban e UniA) e estudantes da São Camilo.

Repasse São Camilo:
São Marcos fechou. São Camilo absorveu o pessoal da São Marcos. Choque entre currículo e concepções.
Na atividade pré-enep foi possível ter contato melhor com o pessoal da SM. Posicionamento dos professores está incomodando o pessoal da SM. No pré-Enep o pessoal começou a falar sobre os problemas que via no curso.
1ª Chapa do CA se desfez o que centralizou em poucos restantes. Próxima gestão está fazendo um trabalho bom de comunicação mas não esta fazendo o contato com os estudantes. Problemas para escolher representantes.
Ênfase em comunitária, mas não tem espaço para fazer atividades nesta área, entre outras contradições do curso.
Alguns alunos da SC tem o mesmo posicionamento que os professores o que torna difícil de discutir e o dialogo entre os estudantes que eram da São Marcos. São concepções diferentes, com argumentos demagogos.
Grupo do Facebook. Estudantes postou reclamando dos posicionamentos da SC. Dois grupos foram criados, um para discutir e outro para informar. A estudante que criou o grupo fechou o grupo e excluiu comentários das discussões.
Professora nova com falas e concepções que os estudantes não concordavam. Foram a coordenação que não deu encaminhamento.
CA avaliou que não consegue fazer formação politica/discussão.
Semana de Psicologia cobra pelos dias de evento, como pensar para não cobrar e fazer os estudantes participarem.

Repasse USP-SP: Colegiado de psicologia deliberou que os atendimentos na USP não podem ser pagos. Técnicos eram supervisores mas não podiam, agora foi deliberado que podem.
Grupo para pensar extensão se formando agora (3 categorias). Para projetos é muito isolado, cada um faz o que quer mas não existe troca. Grupo será espaço para troca de projetos.
Reitor entrou num pregão para formar uma hospital psiquiátrico para os estudantes/técnicos/professores.
Projeto novo de segurança: proposta de torres de observação para garantir a segurança. Catracas, cancelas.
Dois circulares que tinham foram terceirizados. Diminuíram horario e é somente para as pessoas da USP. Os externos pagam o valor de R$3.
Semana da psico. Organizada por uma comissão independente, meio esvaziado. Ano passado fizeram sem apoio institucional e abriram para todos participaram. Este ano abriram também para consulta e foi mais bem organizado. Mini-cursos, mesas, palestras, GT’s.

Repasse PUC-SP: Semana de psico no Mackenzie que o Thiago foi e participou de uma mesa. Apresentação do COREP-SP. CA ainda esta se organizando no viés politico, mas com concepções um pouco restritas. Considerou difícil o diálogo com os outros estudantes do Mackenzie.
Stephanie foi em uma reunião com o CA. Pediram a apresentação do COREP-SP. CA hierárquico, diretores indicam nomes para comissões, que não tem poder deliberativo, e que podem ser remunerados (atualmente com divida de dez mil)
Propor um COREP no Mackenzie.
PUC-SP: Confil foi demolido. Caos pra relocar os estudantes. Clínica de psicologia vai ter que ser relocada para uma casa menor, sem discussão anterior com a comunidade acadêmica. Professores chamaram reunião com os estudantes, que puxaram assembléia às pressas. Novo espaço tem acessibilidade reduzida, é mais distante do campus entre outros entraves. Deixaram outras pautas para discutir apenas isso. A clinica já vem em um processo de precarização há um tempo.

UNIFESP- SANTOS: Greve há quase dois meses. Discussão sobre suspensão do semestre. Participação reduzida do conjunto dos estudantes. Último acontecimento da greve ocorreu durante uma oficina de “estêncil”. Algum estudante usou um dos moldes e pintou a porta de um banheiro. Os seguranças, já com ordens prévias (que ao que tudo indica constam no contrato) chamaram a policia, com a alegação de dano ao patrimônio. A policia chegou então com duas acusações: dano ao patrimônio e formação de quadrilha. Pelo relato que temos uma professora que estava lá no momento ligou para a diretora, que deu ordens a segurança para “dispensar” a policia.

UNIMEP: Semana de psico da segunda semana de maio, muita participação dos alunos, fato incomum, reduziu os números da semana para concentrar maior participação, tiveram contribuição de 5 mil reais da UNIMEP.
Na UNIMEP, todo CA regularizado recebe o repasse financeiro da universidade, porém o CA de psico não está regularizado. Possuem a parceria do coordenador para a realização das atividades. Tiveram  a contribuição de patrocinadores, livrarias e editoras, padaria, etc.
Aproveitaram para fazer uma atividade sobre a luta antimaniconial nesta semana de psico. Houve a participação dos professores, também fato incomum.
Os discentes do curso de psicologia tem duas cadeiras no Conselho de Curso.
A faculdade tem um auxilio a adimplência para outros cursos, mas para o curso de psicologia não.
Quando termina a gestão da coordenaçao, os alunos e professores podem votar o novo coordenador com o mesmo peso de voto.
A clínica-escola atende a comunidade, é feita uma avaliação sócio economica para ver o quanto a pessoa pode pagar. O estágio escolar e clínico são obrigatórios, o aluno escolhe o terceiro estágio entre organizacional ou social.
A faculdade está revendo sobre os estágios obrigatorios, o CA participa destas reuniões.
Destacam a relação amistosa com o coordenador.
Todo aluno tem acesso ao projeto politico pedagógico.
Todos os alunos apresentam os trabalhos de estágio para a faculdade em dois dias de evento. Também dispõe de banner para apresentar estes trabalhos. Hà caderno de resumos sobre.

Unifesp – A discussão sobre separar o CA por cursos (que foi apresentada na ultima reuniao do COREP-SP), não deu em nada pois com a greve, os alunos voltaram pra casa.

USP – Andrielly questiona avaliação de professores. 

Campanha Financeira

300 reais do Livraria do Psicanalista + 5 livros da Casa do Psicólogo (rifar no encontro)
Seminários de Práticas: montar uma banca e vender material
Ajuda a criar uma imagem do COREP-SP e para disseminar nossas pautas e campanhas
José/São Camilo ver as cartelas de rifa
Andrielly/USP pedir livros pros laboratórios
Carla/USP e Thiago/PUCSP camisetas na sexta, passar no SINDPSI e CRP para pedir auxilio.
Evento entre os dias 25 e 27 de agosto sobre os 50 anos de psicologia no CRP ABC. Discutir sobre a nossa participação no ENEP. Flávia

ENEP/EREP

Unifesp conseguiu um onibus para o ENEP. Irá completar a lista com o COREP.
GT
Construindo CA: Andrielly/José
Currículo e Função Social: Maruan
Local de saída e horário apenas depois de entregar a lista (quarta ou quinta-feira)
ENEP ter espaço para construir EREP. Pensar um projeto paralelamente a busca do espaço
Fazer EREP na praia é mais legal do que fazer em São Carlos, mas é difícil fazer na praia pois as pessoas dispersam e fica difícil manter o encontro.
Pensar para quem é o encontro. Um EREP distante afasta as pessoas que trabalham ou que não estão organizadas. Em São Paulo há o maior número de escolas e seria mais fácil de aproximar.
Construir a política do encontro. O porque fazer e pra que ele existe, tem que ter noção da importância. Pensar temas para o EREP. Temas que reflitam a realidade local.
Estreitar os laços com as outras universidades da região para garantir gente.
ENEP mostra o que temos que fazer. Necessidades de lutas, discussões, e demandas dos estudantes de psicologia.
Financeiro do EREP, para pensarmos antes e não termos problema. Conversar com outras organizações. Pensar um reunião bem divulgada e num lugar bem fácil para chamar mais pessoas.
Tema compartilhado em várias escolas. Próximo da realidade das outras escolas.
Organizar para que pelo menos um carro/alguém(ns) vá para a outra escola ou organizar em São Paulo e dividir os gastos das pessoas virem.
Conseguir aproximar as pessoas do lugar.

 

Organizativo do COREP-SP

Pensar uma reunião ampliada bem divulgada para poder decidir o espaço, mesmo com o acúmulo deste COREP-SP. Marcar data da reunião no ENEP.
Paralelamente a organização da reunião, já pensar em lugares.

Pegar programação e levar para o onibus do ENEP para a gente se organizar para se encontrar no ENEP, Contribuir na construção e participar enquanto coletivo COREP-SP, trazer o acumulo das atividades para a entidade.

Elo de ENADE
Levar material para cartazes e afins
Ste e Flavia vão fazer bandeira
Primar fazer o EREP antes do ENADE (primeira semana de novembro), mas não atrelar uma coisa a outra.
O boicote tem que ser organizado.